DIY – Cacto de arame farpado

A tempos que a decoração mais clean com pegada industrial e escandinava está em alta. Concreto, metais, couro e rústico mesclados e dando origem a mil objetos.

Resolvi fazer um cacto usando arame farpado tradicional!

Fui fazendo as voltinhas e criando a forma assim meio no “olhômetro” mesmo. Usei um alicate para cortar e segurar pois é bem duro e espeta os dedos.

foto01ci

Dica: Se preferir, você pode pintar o arame com spray em cores como cobre e dourado. Faça isso antes de finalizar a parte da base para evitar manchas. Existe o arrame comum, que enferruja, ou alguns mais caros que não oxidam.

Para fazer a base do vaso usei argamassa e uma embalagem plástica. Basta derramar a mistura na forma e depois colocar o cacto de pé bem centralizado.

foto02ci

Usei palito de churrasco e barbante para manter bem retinho até secar. (Tempo de secagem total interna: 3 a 4 dias)

Depois é só tirar da forma e se necessário lixar as beirada pra dar acabamento. Se você for colocar em cima de um móvel muito delicado pode colar uma roda de feltro ou EVA na base pra não arranhar.

foto03ci

Dica: Use argamassa pronta e não cimento pois o pó é mais fininho e o acabamento fica mais liso. Se só tiver cimento eu aconselho peneirar antes de usar para tirar as pedras maiores de areia. A argamassa tem pra comprar em outras cores também como preta e branca, é legal pra poder variar e misturar em camadas.

foto04ci

Fácil né?

Agora você pode usar como um vaso decorativo ou até mesmo como peso de porta!

Bom DIY!

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Geral, Meus cacarecos, Reformas e obras

DIY – Como instalar Ecobrick

Quem curte parede de tijolinho e curte mais ainda poder fazer sozinho e economizar com instalador, prepara a pistola de silicone que vem um DIY três em um aí: ligeiro, limpo e lindo!

Preparamos um passo a passo da instalação do ecobrick para quem gosta de colocar a mão na massa.

Realidade antes da reforma: Papel de parede floral na cabeceira da cama e lateral de entrada do quarto. Objetivo: Fazer uma decor mais clean e com pegada escandinava.

foto-01-1

A primeira coisa a fazer é retirar o papel de parede antigo e pintar um fundo branco. Como os tijolinhos do ecobrick são rústicos e irregulares, podem aparecer pequenas frestinhas do fundo entre um e outro, essa pintura é apenas para deixar mais discreto e uniforme.

Dica: Se você escolher um Ecobrick de outra cor, opte por uma cor de tinta que se aproxime da tonalidade.

foto-02-1

Modelo escolhido: Ecobrick Branco Envelhecido Pequeno (Cód. 27189) – Santa Luzia. Pense no efeito que você quer criar na parede na hora de escolher a paginação do Ecobrick. Brinque com as peças antes de colar e faça simulações para ver o desenho que mais agrada. Optei por usar a paginação tradicional, intercalando meio a meio para criar um efeito bem semelhante ao dos tijolos rústicos naturais.

foto-03-1

Passei Silicone Santa Luzia Incolor nos Ecobricks e apliquei na parede seguindo a fileira. Comecei da parte de baixo para cima pois isso facilita o alinhamento.

Dica: Você pode passar a silicone de uma vez só em umas 5 ou 6 peças e aplicar, isso faz com que o trabalho aconteça mais rapidamente e não dá tempo suficiente para a silicone endurecer. É só começar com um tijolo inteiro na primeira fila e depois na seguinte iniciar com meia peça.

foto-04-1

Para cortar os Ecobricks dos cantos e acabamentos você pode usar uma serra de meia esquadria (se tiver). Mas no meu caso, como a obra era pequena e eu não tinha a serra acabei utilizando uma serra amarela simples dessas de cortar cano PVC, que você pode encontrar em qualquer loja de material de construção. Basta marcar com o lápis e cortar os toquinhos exatamente do tamanho necessário. Em caso de surgir alguma rebarba é só lixar (lixa número 100).

Dica: Se você optar pelo Ecobrick de tamanho grande pode adquirir algumas peças do tamanho pequeno da mesma cor, assim evita a necessidade de tantos cortes nos acabamentos pois um é exatamente do tamanho da metade no outro.

foto-05-1

Pronto!!! Cabeceira da cama e lateral de entrada do quarto depois da aplicação.

foto-06-1

Deixe um comentário

Arquivado em Geral

Matéria revista Donna do DC!

Que bacana! Esse final de semana o blog está na revista Donna do Jornal Diário Catarinense falando sobre um pouco de DIY e decoração.

Veja o arquivo completo na versão on-line:

http://dc.clicrbs.com.br/sc/estilo-de-vida/noticia/2016/04/tendencia-mundial-cultura-do-faca-voce-mesmo-revoluciona-habitos-de-consumo-e-ganha-novos-adeptos-5711923.html

20160402_215846 20160402_215916 20160402_215757

Deixe um comentário

Arquivado em Geral

DIY – Quadro estilo escandinavo

Eu adoro essa moda clean da decoração escandinava que invadiu os blogs, linhas restas e tons neutros com um toque industrial. O cimento que antes era visto como uma cor fria agora aparece no aconchego da decoração. Depois de viajar muito tempo no Pinterest e Instagram e perceber como era tão simples ter um ícone assim personalizado em casa eu resolvi testar algumas artes com temas bem pessoais.

suelos-para-una-decoracion-escandinava

Comecei usando uma foto do meu gato Godofredo (Godot para os íntimos) e redesenhei sobre ela com traços pretos retos. Eu usei o Corel mas você pode fazer até mesmo no Paint com a ferramenta livre. Depois de mais ou menos contornar os principais detalhes da imagem é só excluir o fundo original.

1

É importante observar os principais traços pra não perder a identidade e desfigurar. Você pode fazer esse tipo de interação com qualquer foto, tanto de gente, bicho e paisagem.2 - CópiaDepois é só imprimir do tamanho desejado e colocar numa moldura bonita, ou até mesmo usar uma washi tape bacana e colar direto na parede!

2 - Cópia (2)

Que tal personalizar um pra presentear alguém? #ficaadica

1 comentário

Arquivado em Geral

Cabeceira de cama – DIY

Esses tempos encontrei prateleiras aqui no leva entulho do prédio e as trouxe pra casa sem saber exatamente o que faria. Elas ficaram algumas semanas encostadas no escritório até que minha cunhada me perguntou se eu podia ajudá-la a bolar uma cabeceira para sua cama box de casal de forma rápida e barata. Olhei para as benditas e já comecei a pensar em algum tipo de acabamento que pudesse ser feito por nós mesmas. Depois disso foi só preparar o material e colocar a ideia em prática.

cab1

Compramos espuma de 4 cm de altura, grampos para grampeador de estofaria, tecido na metragem suficiente pra encapar as três prateleiras e cola branca escolar. Cortamos a espuma exatamente do tamanho das madeiras e fixamos com cola branca.

cab2

Depois de seca viramos a peça sobre o tecido e cortamos deixando uma beiradinha de uns 10 cm ao redor de tudo, essa foi a margem de dobra na hora de grampear. É importante dobrar bem os cantinhos pra eles ficarem discretos. Fizemos uma dobra reta normal como a de um papel de presente ou envelope.

cab3

Para prender na parede eu fiz furos com furadeira de 8mm em todas as partes de madeira e coloquei parafusos com broca 6mm no concreto, pendurando como se fossem quadros. Um pedacinho de fita de silicone é o bastante para evitar que a parte de baixo se mova. Prontinho!

cab6

Dicas:

– Use tecidos mais encorpados (grossos). Isso evita que fiquem amassados facilmente e também que deformem com o tempo usado no encosto;

– Outras tábuas, portas, prateleiras em formatos diferentes também ficam bacanas. Basta alinhar de forma que atenda suas necessidades de espaço;

– Preste atenção na direção dos desenhos na hora que for cortar o tecido pra que não fique enviesado ou de cabeça para baixo;

– Antes de pendurar na parede tire a medida da sua cama box (elas apresentam alturas variadas), deixando na altura perfeita pra você;

– Se quiser pode usar várias estampas diferentes, uma em cada parte de forma que as cores delas fiquem harmônicas entre si;

– Você pode adicionar botões criando efeito “almofadinha” e até usar espumas mais espessas.

Veja como ficou:
cab4

2 Comentários

Arquivado em Geral, Meus cacarecos, Reformas e obras

Marionete de madeira– restauração

Aqui na cidade tem um bazar e brechó que algumas protetoras de animais fazem para arrecadar fundos e eu sempre dou uma olhada nas coisas pra ver se encontro algo bacana. Esses tempos me deparei com um boneco marionete de uns 40 cm de altura bem judiado e sujo, com um cheiro estranho por estar guardado a muito tempo, mas que tinha a parte de madeira do corpinho com um ar rústico que me agradou. Levei o danado pra casa por 30 reais e resolvi restaurá-lo. A roupa original era costurada e pregada nele então não dava pra aproveitar nada pois conforme eu ia tirando ela ia rasgando ou era necessário cortar com a tesoura, no final das contas só deu pra aproveitar a estrutura do corpo e o suporte. duende1 Resolvi não pintar os pés e o cabelo dele, pelo contrário, lixei pra deixar ainda mais gasto e só refiz a maquiagem do rosto com caneta de retro projetor preta. Usei barbante cru pra ir unindo os membros e assim remontando o corpo. duende2 A estrutura de suporte eu pintei com tinta preta fosca spray e comprei tecidos bem coloridos pra fazer a roupa nova e fitas com paetês. duende3 Costurei um pouco na máquina e um pouco manualmente na medida em que eu ia revestindo e dando forma para as roupas. Fui fazendo parte por parte pensando na hora como ficava melhor pois não dava pra fazer algo muito prático pra apenas vestir como roupa de gente. Fiz as partes da calça e as mangas separadas e depois o tórax e uma espécie de babador pra cobrir tudo. duende4 Godofredo tentando identificar o novo morador e mordendo pra não perder o costume… duende6 Misturei bem as cores e os materiais que eu tinha pra deixar ele com uma cara meio de palhaço ou duende. No final gostei bastante do resultado e já deixei como enfeite pra alegrar a sala. Agora resta aprender mais a controlar o marionete pois por enquanto mal sei mover as mãos e dar uns passos atrapalhados. duende5

2 Comentários

Arquivado em Dicas e achados, Geral, Meus cacarecos

Alfofadas

Olá! Pra quem ainda não sabe, eu sou estilista e trabalho a pouco mais de dois anos com um projeto de almofadas com estampas divertidas. Vendo para todo o Brasil e entrego pelos correios. Participo sempre de feiras de ONG´s e alguns eventos de artesanato aqui de Floripa. Todosss os modelos tem o mesmo preço de R$30,00 (mas frete) e 15% desde valor é revertido para causa animal (ração, petmilk, castração, medicamentos). Vocês podem acompanhar e entrar em contato comigo pela página do facebook ou pelo email (alfofadas@gmail.com). Eu mesma produzo as peças no meu atelier, com muito carinho e cuidado. Faça contato para verificar disponibilidade em estoque e leve uma Alfofada pra casa!

Alfofadas_

1 comentário

Arquivado em Dicas e achados, Geral, Meus cacarecos, Pessoal